PROGNÓSTICO

Como em qualquer doença crônica, quanto mais cedo o diagnóstico de glaucoma for feito, melhor a chance de se evitar a progressão da doença. Por isso, é necessário que se realize uma avaliação oftalmológica periodicamente.

Pacientes com histórico familiar de glaucoma devem fazer uma avaliação anualmente, enquanto que pacientes com glaucoma diagnosticado devem fazer revisões mais frequentes.

Dependendo do estágio do glaucoma, deve-se fazer uma revisão a cada 6 meses, ou até mesmo com maior frequência, dependo da gravidade do caso. Salvo no glaucoma diagnosticado nas fases mais avançadas, o prognóstico de manutenção da visão é excelente, especialmente se houver compreensão, seguimento da prescrição, e comparecimento às consultas.

 

Conheça os hábitos que podem agravar o glaucoma